Find Us Online At
iBookstore
Android app on Google Play
Like Us
A programme by
Novos mundos no nosso quintal
18 August 2020

O espaço é tão grande que às vezes podem surgir novas e surpreendentes descobertas na nossa própria vizinhança. Uma equipa de astrónomos teve essa sorte, e encontrou cerca de 100 novos mundos de um tipo conhecido como anãs castanhas!

Estrelas falhadas

Para alguns astrónomos, as anãs castanhas são conhecidas como “estrelas falhadas”. O seu tamanho fica entre o de um planeta gigante como Júpiter, o maior dos membros do Sistema Solar, e uma estrela de pequenas dimensões. Mas, ao contrário das estrelas como o nosso Sol, elas nunca atingiram a temperatura suficiente para que os gases de que são feitas comecassem a ser “queimados” e a libertar energia, num processo chamado fusão nuclear.  Em vez disso, depois de se formarem, as anãs castanhas limitam-se a arrefecer e a perder brilho ao longo do tempo.

Como têm temperaturas baixas, estes objectos não são muito brihantes. E isso faz com que sejam muito difíceis de encontrar. Por isso os cientistas procuram por elas nas regiões do Universo mais próximas de nós, onde esse fraco brilho pode, ainda assim, ser detetado.

 Caça ao tesouro

Para encontrar estas vizinhas frias e pouco brilhantes do nosso Sol, um grupo de astrónomos que usou as instalações do NOIRLab da NSF (National Science Foundation dos EUA) colaborou com uma rede mundial de voluntários, num projeto chamado Backyard Worlds (Mundos no Quintal). Esta equipa é numerosa, e vasculha cuidadosamente por entre inúmeras imagens feitas por telescópios, à procura de pequeníssimos indícios da presença de anãs castanhas e planetas. E o projeto acaba de anunciar que foram encontrados cerca de 100 novos mundos, perto do Sol!

Muitas das anãs castanhas agora descobertas estão entre as mais frias já identificadas. Algumas têm até temperaturas semelhantes às que se verificam aqui na Terra. Isso quer dizer que são suficientemente frias para possivelmente terem nuvens com água.

A mais próxima destas novas descobertas fica a cerca de 23 anos-luz do Sistema Solar. Muitas outras destas anãs castanhas estão a entre 30 e 60 anos-luz de nós.

Quem sabe que outros mundos ainda descobriremos no futuro!

Facto curioso

Até agora, os dedicados voluntários do projeto Backyard Worlds já descobriram mais de 1500 mundos frios nas proximidades do Sol!

Share:

More news
16 September 2020
14 September 2020
10 September 2020
3 September 2020

Images

New Worlds
New Worlds

Printer-friendly